Pesquisar este blog

4 de agosto de 2011

DUAS LÓGICAS EM EFÉSIOS 4:17-24



            No capítulo 04 de Efésios, além de tratar sobre a unidade da fé e do ministério dos santos, Paulo fala da nova vida em Cristo, listando pecados que precisam ser abandonados e virtudes que devem ser cultivadas. No texto de Ef. 4:17-24 podemos entender duas lógicas: A da compreensão e do comportamento que os gentios têm em relação a Deus e a que Ele espera que desenvolvamos como novas criaturas.
            O apóstolo enfatiza nestes versículos a importância do pensamento sobre assuntos espirituais, ou seja, a necessidade de ter uma mente transformada para compreender a Deus e sua vontade. Observe as expressões usadas por ele para contrastar a mente do velho homem e a do novo:

A MENTE DO VELHO HOMEM:

·       “Vaidade dos seus próprios pensamentos” (v.17).
·       “Obscurecidos de entendimento” (v. 18a).
·       “Alheios à vida de Deus por causa da ignorância em que vivem” (v.18b).
·       “Dureza do seu coração” (v.18c).
·       “Se corrompe segundo as concupiscências do engano” (v. 22).

A MENTE DO NOVO HOMEM:

  • ·      “Não foi assim (como os gentios depravados) que aprendestes a Cristo” (v.20).
  • ·       “O tendes ouvido e nele fostes instruídos” (v.21).
  • ·       “Vos renoveis no espírito do vosso entendimento” (v.23)
  • ·       “O novo homem criado segundo Deus, em justiça e retidão procedentes da verdade” (v.24).

            As descrições acima mostram o foco da discussão, que é a necessidade de uma nova compreensão em Cristo. O apóstolo ainda deixa claro que o fato dos gentios estarem alheios à vida de Deus faz com que se tornem insensíveis, perdendo assim a razão e o sentimento que alerta sobre o pecado. Esta falta de conhecimento e de sensibilidade produz um comportamento desviante da verdade, onde os homens se entregam a perversão dos bons costumes e cometem incontrolavelmente toda sorte de impurezas. Essa é a lógica do pecado:

Falta de Conhecimento–> Insensibilidade ao Pecado–> Comportamento Desviante.

            Para os novos crentes de Éfeso, Paulo afirma que se eles ouviram e assimilaram a verdade que foi ensinada em Jesus, não deveriam seguir a lógica de pecado. A exortação é para que os crentes arranquem de si a forma de pensar e agir do passado, do velho homem que é corrompido pela sedução do engano. A renovação começa no “espírito da nossa mente”.
            É a partir do conhecimento da verdade que somos revestidos do novo homem, criado por Deus em justiça e santidade. Eis a lógica do novo homem em Cristo: 

Conhecimento de Deus -> Vigilância  contra o Pecado -> Santidade.

            Na conclusão do capítulo e no restante da carta podemos conferir exortações práticas para os cristãos. Exortações que envolvem não apenas o pensamento, mas também a boca que deve preferir a verdade e usar palavras de edificação; o temperamento controlado; a batalha contra o diabo; as mãos que precisam trabalhar; sentimentos saudáveis e relacionamentos uns com os outros.
            Duas lógicas em Efésios 4:17-24. Qual delas você está seguindo?

Pr. Alex Gadelha.

0 comentários:


Conselhos no Twitter